Wifi embarcado é uma realidade cada vez maior entre as empresas de ônibus. Mas, em algum momento, essa estratégia pode dar errado para sua empresa. Existem alguns motivos para que isso aconteça. Saiba como melhorar esse serviço para os usuários e consequentemente para a imagem da sua empresa.

Wifi embarcado: O que pode estar dando errado na sua estratégia?

O Wifi embarcado veio para inovar o sistema de transporte terrestre. Os ônibus são o meio de transporte mais comum para a população de baixa renda, que não pode arcar com os custos de uma viagem de avião.
Só que essas pessoas possuem um smartphone que se conecta às redes Wifi e estão sempre conectadas nas redes sociais ou em serviços de streaming.
Por essa razão que as empresas começaram a apostar em Wifi embarcado. É um diferencial para as empresas que querem se destacar no mercado. Porém, se mal utilizado, pode ser um tiro no pé.
Mas de que forma o Wifi embarcado pode ser um problema para a empresa e também para o usuário? É simples.

Vamos falar dos três motivos pelos quais sua estratégia de Wifi embarcado está falindo

A primeira delas a qualidade da conectividade. Muitas empresas que oferecem o Wifi embarcado contam com adesivos anunciando o serviço. Dessa forma, se a empresa começa a divulgar esse serviço, muitos usuários irão optar pela sua linha de ônibus.
O problema é se o Wifi embarcado for apenas para “inglês ver”. Isso porque o usuário pode tentar fazer a conexão, mas ter problemas de instabilidade ou até mesmo a conexão nem chegar a completar. É o famoso aviso “Esse Wifi não tem conexão com a internet”. Ponto negativo para sua empresa.

Por que isso é um problema para as empresas que usam Wifi
embarcado?

É um problema porque configura propaganda enganosa. Além disso, você pode continuar dando o aviso de que possui o serviço, mas com certeza aquele usuário não irá voltar para a sua companhia de ônibus, pois sabe que o Wifi
não funciona.
Outro problema além da conectividade, que é bem sério, é a segurança da conexão. Conexões de Wifi abertas sempre foram um problema para segurança do usuário. Por isso que a empresa precisa primar pela segurança da conexão e evitar ataques de hackers que se apropriam dos telefones dos usuários por meio das conexões abertas.

Esse é o momento para conversar com a empresa que fornece o seu Wifi embarcado e saber o que está acontecendo.  Atualize o software de conexão e sempre teste o produto antes de colocá-lo para os usuários.
Outro problema recorrente que acontece com o Wifi embarcado e outros tipos de conexões abertas é a limitação da conexão. O usuário se sente enganado, pois muitas empresas oferecem um Wifi limitado, ou seja, que só conecta em
determinados sites. No caso, é muito comum o Wifi oferecer conexão somente para redes sociais e bloquear sites e serviços de streaming. Dessa forma, o usuário também se sente lesado.

Como melhorar essa estratégia?

Todas as empresas, antes de oferecem um serviço para o usuário, precisam testá-lo primeiro. Seja você o usuário do seu próprio serviço e avalie se você está satisfeito com o que está recebendo.
Esse é o primeiro passo para garantir a qualidade dos serviços para os seus usuários. A transparência da empresa com os passageiros é a melhor forma de conseguir fidelizar o seu público.

O Wifi embarcado ainda está crescendo no mercado de gestão de frotas de ônibus. Mas ainda existem muitas dúvidas sobre eles. Entretanto já é uma realidade, não só em linhas interestaduais, mas também nas linhas municipais.
Várias cidades do Brasil estão com Wifi embarcado em seus ônibus, mesmo para viagens de curta duração para os seus usuários.

Ofereça uma conexão de qualidade para os seus passageiros, fazendo com que eles avaliem positivamente a sua empresa e a escolham sempre como melhor opção para viajar.

O melhor marketing para a sua empresa é através dos seus clientes já fidelizados. Para saber mais sobre Wifi embarcado entre no nosso site e confira.